Cultura

Wagner Moura reclama de "censura" na cultura: “Ancine é aparelhada pelo bolsonarismo"

[Wagner Moura reclama de
Por: Divulgação Por: Redação BNews 0comentários

O diretor e roteirista do filme Marighella, Wagner Moura, reclamou em entrevista ao UOL sob uma suposta censura ao seu filme. "A cultura está sob censura. Não estou só defendendo meu filme, estou aqui como um cidadão que está vendo o que está acontecendo no Brasil", afirmou.

O filme que estava previsto para estrear no Brasil no dia 20 de novembro, mas ainda não estreou, pois, a Ancine (Agência Nacional do Cinema) negou o pedido da O2, produtora responsável, quanto ao prazo de uma proposta visando a recursos para a distribuição da obra. Para o diretor, a negativa teve motivação política.

"Quando a Ancine é aparelhada pelo bolsonarismo, qualquer pedido com relação a um filme como Marighella será negado", respondeu Moura ao entrevistador.

Segundo o roteirista, a forma escolhida pelo governo para censurar produções artísticas foi o aparelhamento das instituições culturais. "A cultura não é algo que interesse a esse governo. Esperar que ele entenda o valor simbólico e a importância da cultura para o país seria pedir demais", declarou o diretor em entrevista.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas