Entretenimento

Monark afirma nas redes que visitará Museu do Holocausto e gera nova polêmica

Arquivo Bnews

O influencer está sendo investigado por apologia ao nazismo

Publicado em 12/02/2022, às 08h03    Arquivo Bnews    Redação BNews

O influencer e youtuber de 31 anos, Monark, foi demitido nos últimos dias do Flow Podcast após defender a presença e a confabulação do partido nazista no Brasil, e na sexta-feira (11) afirmou em uma de suas redes sociais que aceitou o convite para conhecer o Museu do Holocausto, no Paraná.

Alguns seguidores afirmam que a posição do jovem referente ao convite é irônica e diante disso ela acabou gerando controvérsias nas redes sociais. 

"Prazer? Parece que é de propósito", rebateu um seguidor, diante da resposta do youtuber. "Te joga na real, vai ler, estudar e depois pede desculpas", escreveu outro, "Prazer não é a ideia da visita", revoltou-se ainda outra seguidora.

Leia mais:

Nem o pedido de desculpas realizado em uma de suas redes nesta última quinta-feira (10), e as constantes interações com internautas desde o dia que ele deu a declaração no ar,foram suficientes para abrandar os ânimos das discussões virtuais. 

O apresentador segue afirmando que tem sido vítima de um linchamento constante e desumano devido a sua "infeliz declaração" no programa veiculado ao vivo na internet. 

Veja o post:


A Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo seguem com as investigações sobre este caso. 

Leia também: 

Republicanos se diz de “portas abertas” para Marcelo Nilo, mas faz mistério sobre Senado

Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre