Entretenimento

Rafa Kalimann é processada após aparecer comendo cachorro-quente no carnaval; entenda

Reprodução/Instagram
Na época, influenciadora estava com parceria com uma empresa e foi flagrada comendo produtos da concorrente  |   Bnews - Divulgação Reprodução/Instagram
Andreza Oliveira

por Andreza Oliveira

[email protected]

Publicado em 05/07/2024, às 17h53



A influenciadora Rafa Kalimann foi processada pela Perdigão, após aparecer consumindo produtos da concorrente, Seara, em um camarote patrocinado na Marquês de Sapucaí, no Carnaval deste ano. A famosa havia assinado um contrato com a empresa do ramo alimentício dois meses antes da exposição. 

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp


Conforme o site Notícias da TV, a BRF S/A, empresa responsável pelos produtos da Perdigão e Sadia, abriu uma ação de execução solicitando o reconhecimento da quebra de contrato de exclusividade. O documento cita nominalmente a influenciadora e a agência Talents, que intermedia as negociações dela com as marcas. A empresa também pede uma indenização no valor de R$ 418 mil. 


No mês de dezembro, a influencer fez propaganda dos produtos Perdigão em vídeos que foram compartilhados em seus perfis nas redes sociais. A empresa  tinha o direito de replicar e impulsionar os conteúdos em todos os canais durante 30 dias.


Mesmo com o contrato prevendo exclusividade de três meses, a famosa apareceu antes do tempo na frente de um carrinho de cachorro-quente da Seara, uma das principais concorrentes da Perdição. Na época, a ex-BBB comentou sobre os produtos e elogiou durante uma entrevista para uma repórter contratada pela empresa rival. 


“Neste ponto, insta salientar que a Exequente [BRF] entrou em contato, por diversas vezes, com a Executada [Rafa Kalimann e Icone Talents], tendo em último ato realizado o envio de notificação extrajudicial”, diz um trecho do processo. “Portanto, é nítido o total descaso com que a Executada vem tratando a situação, sem dar qualquer previsão quanto ao adimplemento de sua dívida, demonstrando claramente a intenção de não quitar a multa contratual, motivo pelo qual não restou alternativa à Exequente, senão requerer a este Juízo que seja a Executada compelido a efetuar o imediato pagamento do débito em aberto”, completou.


Ainda conforme o Notícias da TV, a equipe da Rafa se manifestou e alegou que a famosa “foi surpreendida” pela ação e que está tentando resolver a questão. O pedido ainda não foi apreciado pela Justiça.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp