Esporte

Diante do Ceará, Bahia busca estrear no Castelão com triunfo

Imagem Diante do Ceará, Bahia busca estrear no Castelão com triunfo

Tricolor entra em campo buscando seu segundo triunfo no Nordestão

Publicado em 27/01/2013, às 08h44        Thiego Souza (twitter: @thiegosouza84)

Para o torcedor cearense a tarde será de muita festa, porém o Bahia quer estragar os festejos locais. Na inauguração do Estádio Castelão o Tricolor terá pela frente o Ceará, que quer aproveitar o incentivo de sua torcida para buscar o triunfo em partida válida pela 3ª rodada da Copa do Nordeste.

Poupando alguns jogadores como Souza e Diones o treinador Jorginho deve mandar a campo um time sem uma referência ofensiva e aposta dos valores individuais dos atletas do time sub-20. Os jovens Matheus e Ryder (foto) devem ter oportunidade na equipe, além disso o volante Kléberson retorna ao meio-campo.

O Bahia, que empatou com o ABC no Frasqueirão, entra em campo buscando seu segundo triunfo na Copa do Nordeste para poder ficar tranquilo no grupo A da competição.

FESTA PARA O CEARÁ – Enquanto o Bahia mantém o foco na partida, o Ceará participará diretamente da festa em Fortaleza. O dono da casa quer presentear seu torcedor com um triunfo diante do Tricolor para poder seguir na luta por uma vaga na segunda fase. A partida marcará o reencontro entre o treinador Ricardinho e o time baiano. Em 2011 o ex-jogador passou pela equipe, mas não deixou saudades.

Ceará e Bahia entram em campo as 18h30 no segundo jogo de inauguração do estádio Castelão. As 16h o Fortaleza inaugura oficialmente o novo estádio na partida contra o Sport.

CEARÁ X BAHIA
Copa do Nordeste

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza
Data: 27/01/2013 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE), auxiliado por Jossemmar J Muniz Moutinho e Wilton José Lins da Silva (ambos de Pernambuco).

Ceará
Fernando Henrique; Eric, Cleiton, Rafael Vaz e Vicente; João Marcos, Régis, Ricardinho e Válber; Pingo e Luís Henrique.
Técnico: Ricardinho

Bahia
Marcelo Lomba; Neto, Titi, Danny Morais e Jussandro; Fahel, Hélder, Anderson Talisca (Zé Roberto) e Kléberson; Magno (Matheus) e Ryder (Thuram).
Técnico: Jorginho.

Classificação Indicativa: Livre