Esporte

Jérôme Walcke, JW, ACM Neto, Ronaldo, Bebeto e Rebelo inspecionam Fonte Nova

Imagem Jérôme Walcke, JW, ACM Neto, Ronaldo, Bebeto e Rebelo inspecionam Fonte Nova

Comitiva da FIFA demonstrou satisfação com obras do novo estádio

Publicado em 29/01/2013, às 12h13        Leonardo Santana (Twitter: @leosouzasantana)

Nesta terça-feira (29), o secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, na companhia do governador Jaques Wagner, do prefeito de Salvador, ACM Neto e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo fizeram uma visita de inspeção à Arena Fonte Nova. Os ex-jogadores Ronaldo Nazário e Bebeto Gama, integrantes do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo FIFA também estiveram no local.

Após a vistoria, em entrevista coletiva, o governador Jaques Wagner agradeceu a todos os operários pelos serviços prestados. Em seguida foi a vez do prefeito de Salvador, ACM Neto. “Salvador irá oferecer todas as condições para receber a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, não vamos poupar energia. Este evento será uma grande vitrine para a capital baiana e a prefeitura e o governo estão em parceria para que nada dê errado”, disse Neto.

O ex-jogador Bebeto mostrou-se bastante emocionado e descreveu o prazer de ver a nova Arena Fonte Nova. “É uma emoção muito grande, desde o avião, quando vi lá de cima, já me arrepiei. Estou doido para jogar aqui e já falei com o governador que quero fazer um jogo preliminar de inauguração”, declarou o integrante do COL.

Jérôme Valcke também demonstrou bastante empolgação com as obras do estádio, mas chamou atenção para problemas enfrentados na Arena Castelão. “A primeira dificuldade que vimos lá no Ceará foi com o sistema de telecomunicações. Mas já me adiantaram que aqui na Arena Fonte Nova haverá um sistema 4G para que não tenhamos problema com isso”. Em relação às vias de aço, o secretário-geral da FIFA demonstrou confiança no governo estadual para a realização de obras de entorno e acessibilidade do estádio. Valcke preferiu não dar uma nota às obras do estádio e disse que o importante é que a obra já está quase concluída.

De acordo com o governador Jaques Wagner um trecho do metrô de Salvador estará pronto até a Copa do Mundo de 2014. “Não vamos ter problemas de acessos. Faremos corredores especiais e um canal de tráfego”, disse Wagner. O ministro do Esporte, Aldo Rabelo, fez questão de lembrar que “o metrô não está na matriz de responsabilidade, não está no caderno de encargos da FIFA e por isso não é obrigação do governo colocá-lo para funcionar até a Copa”.

No final da entrevista coletiva, o ex-jogador Ronaldo ‘Fenômeno’ descreveu a emoção de já ter atuado no estádio. O ex-atleta parabenizou os operários e disse estar triste por não puder jogar na nova arena e ajudar o Brasil a ganhar mais um título mundial.

O estádio será entregue à FIFA no dia 28 de fevereiro. O jogo inaugural da Arena Fonte Nova deve ser o BaVi pela Copa do Nordeste que está marcado para o dia 31 de março. De acordo com a Fonte Nova Negócios e Participações (FNP), que administrará a Arena Fonte Nova, haverá a realização ainda este ano, no estádio, de vinte jogos do Bahia e seis do Vitória. O contrato, segundo os gestores, já foi assinado com os clubes.


Com mais de 91% de avanço físico na obra, A Arena Fonte Nova finalizou o plantio do "tapete verde" e segue com a colocação da membrana da corbertura e instalação dos assentos.

Neste momento, 3600 colaboradores, entre administrativo, operários, engenheiros, técnicos e terceirizados, se dedicam para preparar o palco da Copa das Confederações e da Copa do Mundo 2014. E todos trabalhadores da obra receberam ingressos para o primeiro jogo da Copa do Mundo, que acontecerá no local.

Fotos: Roberto Viana // Bocão News

Classificação Indicativa: Livre