Esporte

Bahia sofre, mas vence o Azuriz nos pênaltis e avança na Copa do Brasil

Bruno Queiroz / EC Bahia

O adversário do Esquadrão nas oitavas sairá de sorteio após o encerramento da 3ª fase

Publicado em 10/05/2022, às 22h58    Bruno Queiroz / EC Bahia    Redação Galáticos Online

O Bahia está nas oitavas de final da Copa do Brasil. Porém, a classificação foi sofrida. Diante do Azuriz, em Pato Branco-PR, o Tricolor saiu atrás no placar e suou para empatar e levar a decisão aos pênaltis, onde saiu vencedor por 4 a 3.

No tempo, regulamentar Wenderson marcou para o time paranaense e Marcelo Ryan deixou tudo igual. Nas penalidades, Marco Antônio desperdiçou para o time baiano, mas Vieira e Bosel acertaram a trave.

O adversário do Esquadrão nas oitavas sairá de sorteio após o encerramento da 3ª fase.

PRIMEIRO-TEMPO

O Azuriz surpreendeu e abriu o placar logo aos dez minutos. De longe, Wenderson arriscou o chute, a bola encobriu Danilo Fernandes, que falhou no lance, e morreu no ângulo.

Aos 19, o time paranaense quase aumentou. Após lançamento na área, a zaga do Bahia falhou e a bola sobrou para chutar. Desta vez, Danilo Fernandes fez a defesa.

Aos 28 minutos, outro lance de perigo dos donos da casa. Welisson cobrou falta da entrada da área e acertou a trave de Danilo Fernandes.

O Bahia só teve a primeira chance aos 30 minutos. Matheus Davó roubou bola do zagueiro, invadiu a área e tentou o chute. Caio saiu para fechar o ângulo e fazer boa defesa.

SEGUNDO-TEMPO

No segundo-tempoi, o primeiro bom lance foi do Bahia, aos 16 minutos. Marco Antônio foi lançado na área, ficou de frente para Caio, mas o goleiro saiu bem para fazer o corte e evitar o empate.

Aos 21 minutos, o Tricolor fez boa triangulação e chegou à entrada da área. Djalma tentou o chute, mas Caio fez a defesa sem dificuldade.

O empate, porém, saiu aos 23. Djalma fez bela jogada e cruzou na área. Caio, desta vez, falhou e espalmou para o próprio gol. Marcelo Ryan ainda desviou a bola antes de ela cruzar a linha do gol.

O Azuriz tentou responder aos 25. Rone recebeu bola na entrada da área, limpou a marcação e chutou rasteiro. A bola passou perto do gol.

O Esquadrão teve a chance de virar aos 35 minutos. Após bate-rebate na área, Ignácio pegou mal e desperdiçou a chance do chute.

Aos 40, em cobrança de falta, Djalma tentou uma bomba, mas Caio espalmou no susto. Já aos 45, em outra bomba do lateral, Caio fez bela defesa para garantir o empate no tempo regulamentar.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre