Esporte

Time inglês impõe condições para liberar craque brasileiro; saiba mais

Reprodução / Redes Sociais / Instagram / @westham
West Ham topa liberar craque brasileiro, mas somente se o jogador for comprado  |   Bnews - Divulgação Reprodução / Redes Sociais / Instagram / @westham
Tácio Caldas

por Tácio Caldas

[email protected]

Publicado em 04/07/2024, às 13h46



Após surgir a informação do interesse do Flamengo no craque da seleção, Lucas Paquetá, os rumos da situação mudaram drasticamente. Se há poucas horas existia a possibilidade de um empréstimo com possibilidade de compra, agora não há mais essa possibilidade. Acontece que o time inglês, West Ham, impôs uma única e definitiva condição para liberar o jogador: venda.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp!

Sabendo dessa posição do time do leste de Londres, o Flamengo está se cercado de cuidados jurídicos para que o risco no negócio não lhe seja prejudicial. Afinal é sabido pelo time brasileiro que, em condições normais, esse negócio não seria possível de ser realizado.

Na temporada 2022/23, o West Ham gastou mais € 60 milhões e, há pouco tempo, o valor de Paquetá era de € 100 milhões. Ou seja, a intenção do time inglês é buscar uma recuperação financeira de todo o valor que investiu no atleta da seleção brasileira.

O QUE PENSA O FLAMENGO?

Nos bastidores do time carioca, existe uma espectativa de que o negócio possa acontecer porque a decisão do caso de Paquetá ainda deve demorar a sair. Além disso, é de conhecimento da diretoria do Mengão que também existe algumas possibilidades de recurso judicial para manter o jogador em atividade. Um deles é recorrer na própria corte britânica, outra possibilidade é recorrer a Corte Arbitral do Esporte (CAS). A tentativa, neste caso, seria de tentar inocentar Paquetá ou, no mínimo, manter a aplicabilidade de uma eventual punição no futebol inglês.

Assista ao Arena BNews dessa segunda-feira (1º):

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp