Geral

Milhares de fiéis lotam Aparecida

A estimativa é que 400 mil devotos de todo o país visitem santuário

Publicado em 12/10/2010, às 14h11        Redação Bocão News

Como era de se esperar, milhares de fiéis lotaram a basilica de Nossa Senhora Aparecida, nesta terça-feira (12), dia dedicado à santa padroeira do Brasil. A estimativa da administração do Santuário Nacional de Aparecida, a 170 quilômetros da capital paulista, é que 400 mil pessoas visitem o local. Desde o final de semana passado, romeiros de todo o país aproveitaram o feriadão para rezar e pagar promessas.

O candidato à presidencia pelo PSDB, José Serra, é esperado no santuário nesta terça-feira. Ontem (11), a petista Dilma Rousseff, que disputa a presidência com o tucano, visitou o local, assistiu a missa e até confessou ser devota da santa. Apesar de ter rezado, ela não quis a comunhão. Na oportunidade, Dilma afirmou que queria estar em Aparecida por causa de um problema recente da sua vida, que prefiria não comentar, numa referência ao câncer que enfrentou recentemente.
A candidata chegou a Aparecida a bordo de um  helicóptero, entrou na basílica por volta das 9 horas e ficou na primeira fileira, em uma área reservada diante do altar, sentada entre o chefe de gabinete pessoal do presidente Lula, Gilberto Carvalho, e o recém eleito deputado federal Gabriel Chalita (PSB), além de prefeitos e deputados da região.
Dilma não escondeu ser aquela aprimeira vez que visitava o santuário dedicado à padroeira do Brasil. Ela rezou durante a missa, mas optou por não receber a comunhão. Sobre sua religiosidade, a candidata afirmou ter “formação espiritual muito forte”, ressaltando, que qualquer polêmica envolvendo religião durante a campanha eleitoral “é o cúmulo do preconceito”.

Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi proclamada rainha do Brasil e padroeira oficial em 16 de julho de 1930, por decreto do papa Pio XI, quando foi coroada. Em junho de 1980, pela Lei nº 6.802, foi decretado oficialmente feriado no dia 12 de outubro, dedicando este dia à devoção. Por esta Lei a República Federativa do Brasil reconhece oficialmente Nossa Senhora Aparecida como padroeira do país.

Em 4 de julho do mesmo ano o papa João Paulo II, em sua histórica visita ao Brasil, consagrou a basílica nova de Nossa Senhora Aparecida, o maior santuário mariano do mundo, com a celebração de uma missa solene, revigorando a devoção à Santa Maria, Mãe de Deus e sagrando solenemente o monumento construído em Aparecida




Classificação Indicativa: Livre