Geral

Clientes denunciam demora no atendimento em empresa de vistoria de veí­culos

Imagem Clientes denunciam demora no atendimento em empresa de vistoria de veí­culos

Queda do sistema seria o motivo para as filas

Publicado em 08/06/2013, às 06h20        Alessandro Isabel (Twitter: @alesandroisabel


“O sistema está fora do ar”. A frase que sempre deixa os clientes chateados foi mais uma vez utilizada como justificativa para filas e demora no atendimento por uma empresa de Salvador. Dessa vez as reclamações recaem sobre a Checar Vistorias Automotivas, no bairro de Pernambués.

O advogado Eládio Mendes conta que chegou à Checar buscando atendimento às 8h30 da manhã desta sexta-feira (7) e às 13h ainda não tinha sido atendido. “Tem vários dias que o despachante tenta fazer a vistoria de um veículo que comprei, mas não conseguia. Aí então resolvi eu mesmo averiguar a situação e hoje constatei que a situação é realmente precária. Mais de 5h de espera é uma falta de respeito”, reclama o cliente.

A equipe de reportagem do Bocão News esteve na sede da Checar no início da tarde e a fila era marcada por reclamações. “Isso é um absurdo. O Detran não faz o serviço e nos obriga a vir para fazer aqui. Lá eu pagaria R$ 30 e aqui somos obrigados a pagar R$ 90. Além disso, essa desculpa do sistema nos deixa extremamente irritados”, disse Carlos Augusto, que tentava pela terceira vez regularizar a situação do veículo do filho.

Em contato com a assessoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) da Bahia, a reportagem foi informada que o sistema do órgão, que é o mesmo utilizado pela Checar, esteve operando sem nenhum tipo de restrição nesta manhã. “Estivemos operando normalmente nesta sexta-feira. Emitimos perícias, vistorias e todos os serviços que nos foram solicitados sem interrupções”, garante o coordenador de vistorias e perícias do Detran, Domingos Lemos.

Enquanto a vistoria não é concluída por culpa do ‘sistema’, os proprietários dos veículos correm risco de receber multa no valor de R$ 127, 67, além de perder 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). “Perco meu tempo subindo e descendo para resolver um problema que não é meu e ainda corro o risco de pagar multa e perder pontos. Sem comentários”, concluiu o advogado.

A reportagem tentou manter contato com algum representante da Checar, mas não obteve sucesso.

Foto: Gilberto Júnior / Bocão News
Publicada dia 7, às 15h30


Classificação Indicativa: Livre