Geral

Brasileira ganha prêmio mundial ao criar garrafa que purifica a água

Divulgação

Os próximos passos são finalizar os testes da garrafa e obter a parceria de empresas

Publicado em 26/04/2022, às 12h35    Divulgação    Redação Bnews

Uma brasileira, do estado de Minas Gerais, ganhou um prêmio mundial pela melhor apresentação do Aqualux, no Red Bull Basement, concurso de inovação e de tecnologia realizado em Istambul, na Turquia.

Bárbara Gosziniak Paiva,29, graduada em engenharia ambiental pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), mestranda em engenharia de materiais e bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), criou uma garrafa que purifica a água, tornando-a potável.

"Foi durante as pesquisas no meu mestrado que descobri que no Brasil cerca de 35 milhões de pessoas não têm acesso a água potável — o projeto Aqualux consiste em uma garrafa que filtra, esteriliza e refresca a água usando a energia solar", explica a aluna em entrevista ao site R7

No tratamento da água, um filtro faz a retenção de partículas e uma radiação azul complementa  o processo de esterilização, matando microrganismos, principalmente os patogênicos, e acredite, tudo isso funciona por meio de um sistema elétrico que capta a energia solar com o uso das células solares.

Os próximos passos são finalizar os testes da garrafa e obter a parceria de empresas, para que seja possível produzir o material em grande escala.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre