Polícia

Comandante da 34ª CIPM garante policiamento em Brumado e região

[Comandante da 34ª CIPM garante policiamento em Brumado e região]
09 de Outubro de 2019 às 08:45 Por: Reprodução Por: Redação BNews 0comentários

Após a possível greve de policiais militares e bombeiros baianos anunciada nesta terça-feira (9), o major Mário Cabral, comandante da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), garantiu efetivo normal nas ruas de Brumado e região.  “Recebemos a informação do movimento em Salvador, mas a 34ª CIPM e os soldados estão comprometidos com a segurança pública da região. A população pode ficar tranquila que a polícia militar estará com todo seu efetivo nas ruas”, disse ao site Achei Sudoeste.

Nesta quarta-feira (9), a Polícia Militar da Bahia informou que, nas última 12h, capturaram 15 criminosos e apreenderam quatro adolescentes envolvidos com atos ilícitos. Cerca de 10 mil pessoas passaram por abordagens na capital baiana, nos municípios da Região Metropolitana de Salvador e nas cidades do interior do estado.

Pouco mais de 2.200 veículos, entre eles táxis e aplicativos, também foram revistados no mesmo período. Ainda nas últimas 12h, uma arma (revólver calibre 38) acabou apreendida e seis veículos recuperados.

"A tropa segue unida e consciente da sua obrigação com a população. Avançamos nos últimos anos e continuaremos conquistando melhorias", destacou o subcomandante-geral da PM, coronel Paulo Uzêda. 

O coordenador-geral da Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra/Bahia), o deputado estadual Soldado Prisco, afirmou para reportagem que cerca de 10 mil policiais decidiram paralisar as atividades durante assembleia realizada no clube Adelba, em Patamares, na capital baiana, na terça.

Ao BNews, o comandante-geral da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), coronel Anselmo Brandão, negou que a categoria tenha deflagrado greve. O Governo do Estado, por meio de nota enviada pela Secretaria da Comunicação, reforçou que a Polícia Militar não está em greve. De acordo com o comunicado, a Polícia Militar da Bahia “garante o policiamento ostensivo em todo o estado e tranquiliza a população, que deve manter sua rotina normalmente. Reforça que o responsável pelas operações nas ruas é o Quartel do Comando-Geral, que está pronto para atender a todas as demandas da sociedade”. Adianta ainda que, os policiais que não atenderem suas escalas responderão conforme Legislação Militar.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas