Política

Feira: vereadores teriam se apropriado de vale refeição de servidores; Casa já gastou mais de R$ 2 mi

[Feira: vereadores teriam se apropriado de vale refeição de servidores; Casa já gastou mais de R$ 2 mi]
Por: Divulgação Por: Adelia Felix 0comentários

Os vereadores da Câmara de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, são suspeitos de se apropriarem indevidamente, ao longo dos últimos 30 meses, do vale refeição destinado a servidores. As informações foram divulgadas em editorial, na Rádio Povo, pelo apresentador Carlos Lima, na sexta-feira (12).

De acordo com o Portal da Transparência, a Casa Legislativa gastou R$ 1.463.537,68 no pagamento do benefício, em 2018. Neste ano, até o mês de junho, a Câmara já pagou R$ 763.628,28. O serviço é prestado por meio da Green Card S/A Refeições Comer, que tem contrato até o dia 30 de março de 2020. O valor da diária de alimentação para cada servidor é de R$ 22. 

“O cartão Alimentação deveria ser entregue aos servidores, entretanto isso não acontece, ficando em mão dos vereadores. A maioria dos cartões é entregue diretamente aos vereadores quando deveria ser entregue aos servidores”, disse o apresentador.

Ex-vereadores, que preferiram não se identificar, afirmaram ao Blog do Velame que era muito comum o uso do cartão alimentação para fins eleitorais. “Alguns vereadores deixam o cartão nas mãos de cabos eleitorais que não foram contemplados com empregos”, contou.  

Outro ex-membro do Legislativo Municipal revelou que logo quando foi eleito foi chamado por uma funcionária da Casa, por orientação do então presidente, para receber os cartões dos membros do seu gabinete. “Não recebi e mandei que um a um fosse receber o que era seu por direito. Na época, a funcionária relevou que o procedimento padrão era que os cartões fossem entregues aos vereadores, mesmo pertencendo aos funcionários”. 

Outro lado
O BNews procurou a assessoria da Câmara, mas até a publicação nenhuma nota de esclarecimento foi enviada.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas