Educação

MP-BA pede que Justiça suste decreto municipal e suspenda aulas em Mata de São João

[MP-BA pede que Justiça suste decreto municipal e suspenda aulas em Mata de São João]
31 de Março de 2021 às 16:21 Por: Reprodução/Agência Brasil Por: Redação BNews

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu à Justiça nesta quarta-feira (31) que determine a suspensão dos efeitos de um decreto municipal editado pela prefeitura de Mata de São João que permite a realização de aulas presenciais nas instituições de ensino da cidade.

De acordo com informações do parquet, o pedido, feito em caráter de urgência pela promotora Andréa Lemos Fontoura, argumenta que o município não atendeu a solicitação do órgão, que pediu os dados técnicos que embasaram o decreto 529, de 17 de março.

A norma suspendendo os efeitos do decreto estadual e determinando a retomada das aulas presenciais nas escolas públicas municipais de Mata de São João. 

“Pode-se concluir, dessa forma, que a medida adotada não tem amparo em estudo analítico, em dados técnicos ou em projeções de autoridades públicas de saúde que demonstrem a viabilidade do ato, estando na contramão de todas as recomendações sanitárias, que se dirigem no sentido da tomada de medidas preventivas por parte do Poder Público para prevenir a proliferação do coronavírus”, afirmou a promotora.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar