Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Justiça

Procurador-Geral de Feira de Santana recebe nova acusação de assédio

[Procurador-Geral de Feira de Santana recebe nova acusação de assédio]
17 de Maio de 2020 às 20:27 Por: Divulgação Por: Henrique Brinco

O Procurador-Geral do Município de Feira de Santana, Ícaro Ivvin, está envolvido em mais uma acusação de assédio. No quadro "Pra quem você tira o chapéu?" exibido no programa Silvério Silva, veiculado na rádio Sociedade News 102.1 FM neste domingo (17), o advogado Hércules Oliveira surpreendeu disse que a própria mulher foi assediada por ele.

Ao programa, ele disse que conhece pessoas que foram assediadas "moralmente" e "sexualmente" pelo procurador. "Minha esposa foi aluna de faculdade desse cidadão. Em determinado período, ele deu uma nota baixa numa prova aberta. Eu corrigi a prova e achei que ela merecia uma nota melhor. [...] Ela foi falar com ele com base nessa argumentação e ele praticou o assédio moral. Só não foi a frente porque ela me falou e eu fui para tomar posições duras contra ele", relatou.

Hércules também contou que outras alunas também passaram pelo que ele chama de "tormento" com Ícaro. "Daria uma surra nele", esbravejou (ouçam o trecho exato a partir de 21m07 no vídeo abaixo).

Ícaro já havia sido afastado da secretaria municipal de Desenvolvimento Social quando a primeira denúncia surgiu, mas continua atuando na procuradoria. Na ocasião, uma servidora o acusou de assédio sexual. A denúncia está sendo apurada pela  Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam).

Procurada, a assessoria de imprensa da prefeitura decidiu não se manifestar. "O próprio Ícaro é quem deve se defender. A Prefeitura, até aqui, aguarda o andamento do caso na esfera policial", informou a Secretaria de Comunicação ao BNews. Ele continua no cargo de procurador por ainda ter mandato. Ele, por sua vez, não atendeu as ligações da reportagem.

Atualizada às 21h37
Após a publicação da matéria, Ícaro retornou o contato para a reportagem e disse que "não tem nenhuma declaração a dar para a imprensa".

Leia também: Após ser acusado de assédio, secretário é afastado, mas continua em atividade como procurador

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso