Justiça

Eleições OAB-BA: Após decisão de Comissão Eleitoral, chapa de Daniela Borges nega que tenha montado comitê no local da votação

Valter Pontes/Secom

A chapa "União pela Advocacia", encabeçada por advogada, nega que tenha montado um comitê de campanha no Centro de Convenções, local onde acontece as eleições da entidade nesta quarta-feira (24) - das 7h às 19h

Publicado em 24/11/2021, às 07h39    Valter Pontes/Secom    Redação BNews

A chapa "União pela Advocacia", encabeçada por advogada Daniela Borges, candidata a presidência da seção Bahia da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), nega que tenha montado um comitê de campanha no Centro de Convenções, local onde acontece as eleições da entidade nesta quarta-feira (24) - das 7h às 19h.

Na última terça-feira (23), a Comissão Eleitoral da Ordem determinou que a chapa, “e a todas as Chapas concorrentes”, se abstivessem de se utilizar de qualquer sala do Centro de Convenções para instalar Comitê Eleitoral de Campanha - ou similar -, sob pena de cobrança de multa equivalente a cinco anuidades.

A decisão foi tomada após a comissão apurar junto a administração do Centro de Convenções, após denúncia, que uma das salas do espaço, situada na "ala oposta" ao local onde ocorrerá as eleições, estaria locada para uma das chapas. Em virtude do sigilo contratual do acordo, não foi indicado exatamente qual dos espaços havia sido apontado. 

Em nota, a "União pela Advocacia" explicou que o espaço alugado serviria como "sala de apoio para os fiscais que vão acompanhar a votação, sem nenhum item de propaganda eleitoral". O comunicado também salienta que a determinação não trata de "uma decisão contra a chapa União pela Advocacia". 

"Vale ressaltar que a liminar parcialmente deferida, como diz o item 10, determina a TODAS AS CHAPAS concorrentes que se “abstenham de se utilizar qualquer sala localizada dentro do prédio do Centro de Convenções Salvador para instalar Comitê Eleitoral de campanha ou similar”, uma vez que representantes de outra chapa, conforme consta no item 7, também estavam em negociação para aluguel de uma sala no mesmo local", afirma.

Leia Também

Após pedido de chapa, eleição da OAB-BA será acompanhada por observador federal

Eleições OAB-BA: Comissão aponta irregularidade em campanha de Ana Patrícia

Classificação Indicativa: Livre