Personalidade

"Meu sucesso veio junto com o da Apple"

Imagem "Meu sucesso veio junto com o da Apple"

Mulher maça - sem noção - chora pela morte de Steve Jobs, que ela chama de 'Esteve Jobs'

Publicado em 19/10/2011, às 17h09        Redação Bocão News


Numa entrevista pra lá de inusitada e, no mínimo, rica de boas risadas, o jornalista Fabrício Lobel, da Revista Veja, conseguiu atingir os sentimentos mais profundos da Mulher Maça, que afirma se sentir 'Dona da Apple'e vai mais longe: "Ele parecia uma pessoa do meu convívio, sabe?", sobre Steve Jobs.
Veja abaixo, entrevista na íntegra:
Veja: Por que você ficou tão abalada com a morte de Steve Jobs? 
Ele parecia uma pessoa do meu convívio, sabe? Foi tipo a morte do Senna. Eram meus ídolos.
Em que Jobs inspirou sua vida? 
Sou fã dos produtos dele. Até brincavam que eu era dona da empresa, também. Você sabe, né? Eu sou a Mulher Maçã. Meu sucesso veio junto com o da Apple, sabe?
Dona?
Uma vez, uma pessoa estava na dúvida se comprava um iPhone 4.  Eu falei que era bom, e a pessoa comprou.
Só por isso? 
O meu apelido é o nome da empresa dele. É uma coisa que a gente tem em comum, sabe?
Sei. 
Tem outra coisa. Eu admirava o Jobs por causa da invenção desses telefones ultra-mega-modernos. E, por causa do símbolo que temos em comum, nunca vou me esquecer dele. Assim, é uma coisa que eu vou levar até a morte. Realmente é... ai... é triste, né?
Sua voz está embargada? 
Desculpa. Nossa, eu chorei quando soube da morte dele. É sério.
E de onde vem seu apelido?
Desde o tempo de colégio, por causa do formato do bumbum. Mas depois as pessoas passaram a me associar à Apple por causa da minha mania dessas coisas de computador, sabe?

Classificação Indicativa: 18 anos