BNews Pet

Fotógrafa eterniza momentos especiais entre tutor e pets em Salvador

[Fotógrafa eterniza momentos especiais entre tutor e pets em Salvador]
10 de Junho de 2021 às 12:51 Por: Regiane Ferreira Por: Adelia Felix

Captar as mais sinceras emoções e eternizar lindos momentos ao lado de nossos fiéis companheiros. Esse é o trabalho da fotógrafa especialista em ensaios para pets, Regiane Ferreira, de 43 anos. 

A carioca cresceu no interior da Bahia, no município de Irecê, mas mora em Salvador desde os 18 anos, quando começou a estudar e trabalhar. Formada em Turismo e prestes a concluir a segunda graduação, Letras com Inglês, Regiane que também é professora de língua inglesa decidiu dedicar-se a fotografar gatos, cães, e até bichos exóticos, como cobras, no ano de 2018.

“Sempre amei animais e fotografia. Em uma viagem de férias, fotografei os pets de um grande amigo. O esposo dele ficou encantado com as fotos e me incentivou a mergulhar nessa área. Fiz um curso de fotografia e desenvolvi um portfólio onde retrato os pets como membros da família em momentos de muita alegria e espontaneidade ao ar livre ou em casa com fotos no estilo lifestyle”, relata. 

Segundo Regiane, fotografar animais exige muita sensibilidade e, acima de tudo, paciência, pois é preciso entender um pouco de comportamento animal para que a experiência do ensaio seja prazerosa e também divertida. A duração do ensaio, de acordo com a profissional, dura em média de uma a três horas, levando em consideração a quantidade de pets e também o comportamento deles.

Além disso, o local escolhido para as fotos também pode influenciar na sessão. Os cenários preferidos são parques e praias. Apesar de levar seu trabalho com seriedade, ela também aposta em brincadeiras para deixar o pet bem à vontade.

“Quando fotografo em locais turísticos onde há mais distrações, o pet pode levar mais tempo para se sentir ambientado e seguro. Como o meu trabalho é retratar o pet com a família, eu indico fazer em locais que tenham a cara da família, onde eles costumam passear, ou um lugar especial que marque a história deles. Os idosinhos a gente dá preferência pelo ensaio em casa”, explica. 

Se o animal é mais reativo, a guia é usada, e as fotos são feitas no estilo retrato. Depois, a profissional usa um software de edição de imagens para remoção do acessório. Ela também bem reforça que a participação dos tutores é de extrema importância. “Eles melhor do que ninguém conhece o comportamento dos bichinhos e nos auxiliam muito na hora das fotos”. 

Ainda de acordo com Regiane, os ensaios mais trabalhosos ficam por conta dos filhotinhos, apesar disso, ela garante que é divertido. “Eles ainda não têm muita noção de espaço, de segurança e de obediência aos papais e mamães humanos. É sempre uma aventura bem divertida e que rende muitas risadas”, afirma. 

Experiências emocionantes também já marcaram alguns momentos de sua carreira. “Os ensaios que mais me marcaram com certeza foram os dos pets que já não estão mais entre nós e receber a gratidão e as lágrimas de alegria dos tutores por poder ter para sempre a lembrança deles em fotos não tem preço”.

Os modelos não se resumem apenas a cães e gatos. Calopsita, cágado também já fizeram suas poses diante das lentes da fotógrafa. Além disso, Regiane também já vivenciou a experiência de fotografar um animal temido por muitos: cobra. “Foi um divisor de águas para mim, pois antes dessa experiência eu tinha pânico de chegar perto de uma. Mas foi sensacional e as fotos ficaram incríveis. Adoro fotos de pets exóticos”, diz.

E, então? Já pensou em eternizar um momento entre você e seu bichinho? Confira abaixo mais imagens do trabalho da fotógrafa especialista em ensaios para pets.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar