Polícia

Estelionatário é transferido

Imagem Estelionatário é transferido

Ivanilson Mariano foi preso em flagrante ao usar cartão de crédito clonado

Publicado em 15/09/2010, às 18h16        Natália Aguiar

O brasiliense Ivanilson Mariano, 35 anos, preso nesta terça-feira (14) por estelionato, foi transferido na tarde desta quarta-feira(15) para a UED – Presídio de Segurança Máxima de Salvador, localizado no Complexo Penitenciário de Mata Escura.

O acusado foi detido em flagrante ao usar um cartão de crédito clonado, nas proximidades de uma casa lotérica, na Pituba, e levado para a
Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de onde foi transferido.

Ao deixar a delegacia, Ivanilson agrediu o repórter do Se Liga Bocão, João Kalil

Ao ser preso, Ivanílson estava acompanhado de Íris Santana que também foi presa por furto mediante fraude. 

De acordo com informações da polícia, Ivanilson mora com a família em Lauro de Freitas desde 2004 onde mantém uma mansão avaliada em R$ 800 mil reais. A vida de luxo é sustentada com dinheiro proveniente de crimes.

A sogra do acusado, prenome Janira, está sendo investigada sob acusação de estelionato, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP). A estudante de Direito Liliane dos Santos, mulher do estelionatário, também será ouvida pela polícia que investiga a sua participação nos golpes praticados por Ivanílson Mariano.

Classificação Indicativa: Livre