Polícia

Ex-prefeito acusado de envenenar mais de 50 animais

O extermínio ocorreu na última sexta-feira em Amélia Rodrigues

Publicado em 05/10/2011, às 07h45        Redação Bocão News

O ex-prefeito da cidade de Conceição do Jacuípe, João Barros de Oliveira, é acusado de matar envenenados 47 cães, um gato, três galinhas e um urubu em São Bento do Inhatá, distrito do município de Amélia Rodrigues, na região metropolitana. Segundo o Correio, o cheiro de animais putrefatos está por toda a cidade devido às dezenas de corpos espalhados pelo vilarejo. O extermínio ocorreu na última sexta-feira (30), e o ex-prefeito, que tem uma fazenda na localidade, é o acusado pela carnificina.

Segundo testemunhas, o fazendeiro teria distribuído pedaços de carne com veneno sobre muros e cercas. O motivo do crime seria por vingança, pelo fato de alguns cães vizinhos terem atacado um dos seus bezerros. Quando perceberam o que João fazia, os moradores avisaram a PM, mas já era tarde.

Algumas pessoas passaram mal, inclusive um policial militar. Em protesto, donos de cachorros jogaram seus animais na propriedade de João de Roque. Um cão foi pendurado na cancela da fazenda. O ex-prefeito negou o crime ao jornal. João de Roque pode responder por crime de maus-tratos previsto na lei ambiental 9605/98. Se punido, pode pegar de três meses a um ano de prisão.

Classificação Indicativa: Livre