Polícia

Roubos a ônibus em Salvador permanecem com queda acima de 35% em 2018, afirma SSP

[Roubos a ônibus em Salvador permanecem com queda acima de 35% em 2018, afirma SSP]
13 de Setembro de 2018 às 10:33 Por: Ascom / SSP Por: Redação BNews

As ações coordenadas das polícias Militar e Civil mantém a queda de roubos a ônibus acima de 35% em 2018. Entre janeiro e agosto, comparando com o mesmo período do ano passado, foram 690 assaltos a menos. Operações, blitze e denúncias possibilitaram a redução neste índice. 

Em números absolutos foram 1.271 casos contabilizados em 2018, contra 1.961 no ano passado. O comandante da Operação Gemeos, major PM Gabriel Neto, ressaltou as intervenções para prevenção e repressão desta modalidade criminosa, em conjunto com a Polícia Civil. "Construímos uma grande parceria entre as forças de segurança, rodoviários e usuários do transporte coletivo. Passamos analisar também o sistema de mobilidade urbana e agindo com mais eficiência", explicou o oficial.

Delegado explica como funciona Whatsapp da polícia para denunciar assaltos a ônibus em Salvador

Agora, os usuários de transporte público contam com mais uma ferramenta, além do 190, para informar sobre assaltos a ônibus em Salvador. O Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), da PC, lançou um WhatsApp denúncia, através do número (71) 3117-6637. A linha fixa também garante o sigilo a identidade do denunciante. 

De acordo com o coordenador do Gerrc, delegado Gláuber Uchiyama, o instrumento vai reduzir o tempo resposta no atendimento a estes casos, possibilitando a identificação rápida do veículo e captura dos criminosos. “A ferramenta já está em funcionamento e, através dela, o cidadão poderá fazer denúncias na hora das ocorrências e posteriormente”, falou o titular.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar