Polícia

Dupla assalta ônibus na Graça: “foi uma agressão psicológica muito grande”

Reprodução/ Google Street View

Os criminosos conseguiram roubar pelo menos 15 celulares, além do dinheiro que estava com o cobrador

Publicado em 14/09/2021, às 14h17    Reprodução/ Google Street View    Redação BNews

Um ônibus foi assaltado no bairro da Graça, nesta terça-feira (14). Dois homens que simularam estar armados entraram no coletivo e agiram com violência assim que o veículo passou pelo Hospital Português.

Os criminosos conseguiram roubar pelo menos 15 celulares, além do dinheiro que estava com o cobrador. Em entrevista ao Balanço Geral, uma das vítimas contou que a dupla agiu com muita ignorância, xingando todo mundo. Um carro teria acompanhado o coletivo, dando cobertura aos assaltantes.

“Eles entraram no carro muito agressivos. Dando voz de assalto e pedindo os celulares. O sentimento é de impunidade. Foi uma agressão psicológica muito grande. Estou me tremendo até agora. Não somos obrigados a isso, a Secretaria de Segurança Pública está devendo isso à população de Salvador. Vai ser muito complicado agora pegar um ônibus pra ir pra casa”, relatou uma passageira.

Leia também:

“Quebra as pernas do crime organizado”, diz Secretário da Segurança Pública sobre regulamentação das drogas

“A polícia do estado não é milícia, não é matador”, diz secretário da Segurança Pública após mortes de PMs

Homem é decapitado e cabeça é deixada entre as pernas em Cassange

Abordagens

Enquanto o ônibus estava sendo assaltado na Graça, policiais militares realizavam abordagens em coletivos na Avenida Afrânio Peixoto, na Suburbana. O major Carlos Emiliano, comandante da Operação Gêmeos, destacou que houve uma redução de 23% nos crimes em ônibus em relação a 2020. 

Ele explicou que o trabalho preventivo é realizado diariamente e, somente este ano, mais de 140 pessoas foram presas por envolvimento com assaltos a ônibus. Como tem crescido o número de mulheres e pessoas com mais de 40 anos em crimes contra coletivos, os policias abordam todos que estejam nos veículos durante as operações. “Queremos aumentar a sensação de segurança para todos os usuários”, afirmou o major. 

Leia ainda:

Jovem é morto após vender celular em Salvador; amigo de infância é suspeito pelo crime

Suspeitos invadem residência e matam dois homens no bairro da Paz 

Tenente da PM assassinado em Cosme de Farias é enterrado sob forte comoção

Classificação Indicativa: 10 anos