Polícia

Homem é preso após atirar em investigador

Rapaz ainda matou um mototaxista

Publicado em 10/01/2013, às 15h52        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Magno Garcia Júnior, de 24 anos, foi preso, na quarta-feira (9), por policiais militares, logo depois de matar com seis tiros o mototaxista Roque Júnior Bonfim, 25, e balear o policial civil Luciano Santos Cardoso, 37, que tentou prendê-lo. O crime aconteceu no interior de uma loja de móveis, na Avenida Juracy Magalhães, no centro de Itabuna, para onde a vítima correu, tentando se esconder.

Lotado na Delegacia Territorial (DT) de Santa Cruz da Vitória, o investigador passava pelo local quando ouviu os disparos vindos do estabelecimento. Ao entrar na loja, o policial viu Magno empunhando uma pistola ponto 380 e deu voz de prisão, sendo alvejado com três disparos. Luciano foi socorrido a um hospital de Itabuna e não corre risco de morrer.

Na 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itabuna), para onde foi levado pelos PMs, Magno disse ao delegado coordenador Moisés Nunes Damasceno que atirou em Roque Júnior  porque fora xingado por ele. A pistola usada pelo atirador foi apreendida e encaminhada para exames periciais.  

A polícia vai investigar se o crime está relacionado ao tráfico de drogas em Itabuna, porque um parente de Roque Júnior, já ouvido pelo delegado, afirmou que a vítima tinha envolvimento com traficantes.    Autuado em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio, Magno foi encaminhado ao Presídio de Itabuna, onde permanecerá à disposição da Justiça.

*Com informações da ASCOM da Polícia Civil

Classificação Indicativa: Livre