Polícia

Quadrilha aterrorizava região metropolitana em Goiânia

Imagem Quadrilha aterrorizava região metropolitana em Goiânia

Bandidos mataram 24 pessoas. Seis foram presos e 14 estão foragidos

Publicado em 15/01/2013, às 08h35        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Em Trindade, região metropolitana de Goiânia, 24 pessoas foram executadas por uma quadrilha. Até esta terça-feira (15), seis homens foram presos. Segundo a polícia, 14 ainda estão foragidos.

A polícia vinha monitorando o bando há oito meses e descobriu que, além de eles se exibirem na internet publicando fotos com armas e dinheiro, eles ainda encomendavam mortes por telefone.

“Chegou a um ponto em que só de olhar torto para alguns [membros] da quadrilha já era motivo para querer matar, ou seja, a reafirmação de poder, a vaidade, e querer dizer que aqui na cidade quem mandava na bandidagem eram eles”, disse a delegada da Polícia Civil, Sabrina Miranda.

Escutas telefônicas mostram o chefe do bando, Romerson Silva, dando ordens, mesmo preso na penitenciária. “É pra matar mesmo, é para matar, para deixar ninguém [sic]”, disse Romerson de acordo com o áudio ao qual a polícia teve acesso.

Em outro momento, Rafael contabiliza dos ataques. “Uai, nós tá fazendo uma limpa, mano! Numa ação que nós foi de a pé, nós desceu, os cara tava no bar, nós desceu de a pé e catou três. Catou dois cara e uma mulher no bar [sic]”, falou.
Mesmo procurados pela polícia, eles não faziam questão de se esconder.

Nas gravações, eles aparecem conversando com uma pessoa ainda não identificada. Essa pessoa diz a Rafael que há lugares onde ele não pode ir. Rafael responde: “Uai, veio, é o seguinte: nós tá indo em qualquer lugar, na cara dura mesmo [sic]” e dá risada.

Para a delegada Sabrina Miranda, há provas judiciais  ‘de sobra’ para que todos sejam condenados.

 *As informações são do G1

Classificação Indicativa: Livre