Polícia

Braço direito do chefão do BDM em Feira é capturado em São Paulo pelo Draco

Divulgação
O suspeito ligado ao BDM era o gerente do traficante Motoboy, considerado chefe da facção  |   Bnews - Divulgação Divulgação

Publicado em 11/06/2024, às 11h06   Redação BNews



O "gerente" do chefão do tráfico ligado ao Bonde do Maluco (BDM) em Feira de Santana, Edmilson dos Santos, conhecido como "Motoboy", foi preso nesta terça-feira (11) durante a Operação Aurora deflagrada na cidade de São Paulo.

Edenilton Pires dos Anjos, conhecido como "Nito", foi detido por agentes do Draco em sua casa, no Parque Boa Esperança, bairro da Zona Leste da capital paulista. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara de Tóxicos de Feira de Santana.

O suspeito também é investigado por homicídios. Atribuí-se a ele a autoria da morte do presidiário Bruno Sena Alves, de 26 anos, preso em 2018 pela morte do adolescente Matheus Oliveira de Jesus, executado em 2016.

Bruno Sena foi assassinado a tiros por Edenilton em dezembro de 2022, no bairro Caseb, após deixar a prisão durante o indulto de Natal.

Os investigadores do Draco descobriram onde Edenilton estava por meio de cruzamentos de informações colhidos em sites usados pelo suspeito. Também foi descoberto que "Nito" vivia na cidade de São Paulo na companhia de sua esposa. De lá, ele ordenava crimes executados sobretudo nos bairros da Rocinha e Rua Nova.

Chefão

Edenilton ocupava um cargo de confiança dentro da facção encabeçada por "Motoboy". O chefão inclusive tem várias passagens pela polícia. Uma das suas mais recentes prisões aconteceu em 2017.

Naquele ano, quando cumpria pena em prisão domiciliar, o criminoso foi detido após a polícia receber denúncias anônimas de que ele continuava coordernando o tráfico de drogas em diversos bairros de Feira de Santana.

Na residência dele, no bairro Campo Limpo, policiais civis apreenderam porções de maconha, cocaína, armas e cartuchos intactos.

Já em 2010, o chefão do BDM em Feira também foi preso por suspeita de ser integrante de uma quadrilha de roubo de cargas que atuava em Feira e nas cidades de Rui Barbosa e Santo Antônio de Jesus.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp