Polícia

Homem põe fogo em amante e finge ser motorista de app para escapar do crime

Reprodução/SBT News
Amante queria contar à família do suspeito sobre caso extraconjugal  |   Bnews - Divulgação Reprodução/SBT News

Publicado em 10/07/2024, às 14h39   Cadastrado por Sanny Santana



Um homem de 42 anos foi preso em flagrante após atear fogo e matar sua amante em Mauá, no interior de São Paulo. O caso aconteceu na terça-feira (9) e vitimou Alessandra Christina, de 34 anos.

Inscreva-se no canal do BNews no WhatsApp.

Miqueias Bezerra de Almeida é casado, mas tinha um relacionamento extraconjugal com a vítima. Ele confessou à polícia que incendiou o carro em que Alessandra estava porque temia que ela contasse sobre o caso entre eles dois à sua familia.

Segundo Miqueias, Alessandra não aceitava o fim da relação e ameaçou expor o caso. Por essa razão, ele teria marcado para um encontro em um local isolado da rua Pedro de Toledo, no bairro parque São Vicente, para matá-la.

O corpo da mulher foi encontrado carbonizado pela Guarda Civil Municipal de Mauá e levado ao Instituto Médico Legal para identificação.

Segundo a GCM, Miqueias teria tentado se passar por motorista de aplicativo para evitar ser ligado à vítima, mas ele acabou sendo descoberto e levado para a 1° DP de Mauá, onde confessou o crime e foi preso em flagrante por feminicídio.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp