Política

PM baleado em assalto é enterrado no cemitério do Campo Santo

Policiais e familiares se despediram de Diogo sob comoção

Publicado em 11/12/2014, às 18h13    Paulo M. Azevedo    Gabriel Soares (Twitter: @bocaonews )

O corpo do policial Diogo Santos Freire, de 29 anos, morto depois a um assalto a ônibus, foi enterrado na tarde desta quinta-feira (11), no cemitério do Campo Santo. Cantando o hino da Polícia Militar, ex-companheiros de serviço de Diogo conduziram o caixão sob a comoção de parentes e amigos.

Familiares, amigos e pessoas próximas ao policial rezaram e ouviram os juramentos de despedida realizados por representantes da corporação. A mãe da vítima precisou ser amparada por outros familiares e teve dificuldade em controlar as emoções.

Segundo policiais que trabalhavam com Diogo, ele foi um policial que respeitava a comunidade em que vivia, prezava pela ética e pela boa conduta na profissão, além de um amigo sempre que solicitado.

Diogo Santos Freire foi o 28º policial assassinado em 2014. As investigações sobre o caso já apontam os suspeitos, e o comando geral da PM acredita divulgar os nomes ou apresentá-los presos em no máximo dois dias.


Leia também:
 Assassinos do PM Diogo já foram identificados, afirma comandante

C
onfira mais imagens

Classificação Indicativa: Livre