Política

Prefeitura rebate moradores da Baixa do Fiscal e diz que presta assistência

[Prefeitura rebate moradores da Baixa do Fiscal e diz que presta assistência]
11 de Maio de 2015 às 12:45 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Após o deslizamento de terra que aconteceu na Rua Nilo Peçanha, na Baixa do Fiscal, em Salvador, no último final de semana, a reportagem do Bocão News voltou ao local nesta segunda-feira (11) e conversou com moradores.

Alguns parentes das vítimas da Baixa do Fiscal revelaram que estão sem assistência.  Em estado de choque, Messias Venas, filho da vítima Delcick, conteve as palavras para tentar suportar a dor de ter perdido o pai. Ao seu lado, um dos sete irmãos, Renato Venas, que parecia não acreditar no que estava diante dos seus olhos. "Morávamos aqui há uns 30 anos. Meu pai tinha mudado para essa casa, porque na antiga casa dele, tinha ocorrido também um deslizamento na vizinhança", contou.

Emocionado, Renato revelou que seu pai tinha problemas de locomoção por conta de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). "Ele não tinha como correr pra sair daí. Não deu tempo e aí Deus levou", desabafou ao mostrar revolta por não ter sido procurado por nenhum órgão público para receber qualquer tipo de assistência. "Perdemos tudo e parece que não estão nem aí para nós".

Por meio de nota enviada para o Bocão News, a prefeitura rebateu as declarações dos moradores.  “A Prefeitura esclarece que, desde a tarde deste domingo (10), quando houve um grave deslizamento de terra, trazendo como consequência desabamento de imóveis na Baixa do Fiscal, tem mantido assistência total às famílias”, diz trecho do esclarecimento.

Ainda de acordo com a nota, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) e a Secretaria Municipal de Promoção Social, Esporte e Combate à Pobreza (Semps) estão nesse momento no local realizando vistorias nos imóveis e cadastros das famílias, garantindo toda a assistência necessária. A prefeitura também afirma que a Limpurb realiza a limpeza dos terrenos impactados, que já receberam lonas. Além disso, a Guarda Municipal foi acionada para auxiliar os agentes municipais nesse trabalho de assistência às vítimas.

 

Parentes das vítimas da Baixa do Fiscal revelam que estão sem assistência

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar