Política

Suíca diz que Wagner é acusado "por ser protagonista"

O vereador petista avaliou positivamente o papel exercido na liderança da oposição em Salvador

Publicado em 17/01/2016, às 04h01    Paulo M. Azevedo    Marivaldo Filho (Twitter: @marivaldofilho)

O ainda líder da oposição na Câmara de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), que passará o bastão para a vereadora Aladilce Souza (PCdoB), assim que os trabalhos forem retomados no Legislativo soteropolitano, em entrevista ao Bocão News na noite da Beleza Negra, creditou ao "protagonismo" assumido pelo ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, no governo federal, as citações do petista na Operação Lava Jato.
"Sabemos que quando assumimos o protagonismo, os ínimigos vão querer desgastar de forma sistemática. Mas acredito muito no ex-governador e sei que não tem nada que desabone a conduta dele", opinou.
O vereador 
petista também avaliou positivamente a permanência dele na liderança da oposição."Para mim foi extremamente positivo. É um papel muito importante liderar quadros como o de Waldir Pires, Gilmar Santiago e Aladilce Souza, por exemplo. O balanço foi muito bom. Votamo de forma unificada e promovemos o debate. A cidade do Salvador saiu ganhando", disse.

Classificação Indicativa: Livre