Política

Imbassahy critica redução de recursos do BNDES para a Bahia

Imagem Imbassahy critica redução de recursos do BNDES para a Bahia

Deputado chamou o governo da Bahia de inerte

Publicado em 20/10/2011, às 13h01        Rafael Albuquerque


O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB), que pretende concorrer a prefeito de Salvador novamente, ocupou a tribuna da Câmara nesta quarta-feira (19) para criticar o fato de Bahia estar recebendo bem menos recursos do BNDES para investimentos do que outros estados do Nordeste, a exemplo de Pernambuco, apesar de ter uma participação maior no PIB nacional. Conforme o parlamentar, em administrações anteriores a Bahia ocupava posição de liderança na captação de recursos da instituição, destinados ao desenvolvimento estadual.


Segundo Imbassahy, entre janeiro de 2009 e junho de 2011, o banco desembolsou 193,7 bilhões dos quais R$ 15,3 bi foram para Pernambuco, terceiro colocado no ranking de desembolsos daquela instituição, depois de São Paulo e Minas Gerais, enquanto a Bahia recebeu apenas R$ 5,8 bi. O parlamentar observou, no entanto, que a participação baiana no PIB nacional foi de 4%, em 2008, contra apenas 2,3% do outro estado nordestino.


“Enquanto assistimos a inércia do governo da Bahia, testemunhamos Pernambuco construir uma moderníssima estrutura portuária, implantar um Polo Naval, duplicar a BR-101, construir o Polo Têxtil do Nordeste, o Polo Químico de Suape, uma siderúrgica com a primeira laminadora de aços planos da região, entre outros, criando muitas oportunidades para os pernambucanos”, enumerou, ressaltando que o governo do PT, que foi contra a instalação da Ford na Bahia, não tem tido competência nem determinação para sequer expandir o polo automotivo de Camaçari.

Classificação Indicativa: Livre