Política

"PSD não se coliga com partido que faz oposição a Rui", diz Otto sobre possibilidade de Mirela apoiar Teobaldo

Roberto Viana/Arquivo BNews

A possibilidade de aliança entre Mirela e Teobaldo nas eleições, que já foram casados, foi levantada após o empresário cogitar a filiação a um partido mais ao centro

Publicado em 05/01/2020, às 18h24    Roberto Viana/Arquivo BNews    Pedro Vilas Boas

O senador Otto Alencar, líder do PSD na Bahia, foi enfático ao comentar a possibilidade da deputada estadual Mirela Macedo apoiar o dono do Atakarejo, Teobaldo Costa (sem partido), nas eleições em Lauro de Freitas. O empresário vai se filiar ao PSDB ou DEM.
"A regra do PSD é não permitir que se coligue com partido que faz oposição ao governo Rui Costa. [...] Ela pode apoiar, decisão pessoal dela, mas não haver coligação", disse, em entrevista ao BNews neste domingo (5). Ele disse não acreditar no abandono da candidatura para uma aliança com Teobaldo.
"Acho difícil ela fazer isso, porque, se ela fizer isso, tá levando candidato a vereador ligado a ela a perder a eleição, porque não tem coligação proporcional", acredita.
A possibilidade de aliança entre Mirela e Teobaldo nas eleições, que já foram casados, foi levantada após o empresário cogitar a filiação a um partido mais ao centro, recebendo, assim, além do apoio da deputada, a aliança com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).
Otto ainda disse que a possibilidade não foi discutida com ele. "Nunca tratei desse assunto com Teobaldo nem com Mirela. [...] A candidatura de Teobaldo não me interessa", cravou.

Classificação Indicativa: Livre