Política

João mandou avisar que o metrô vai andar

Imagem João mandou avisar que o metrô vai andar

"Este será o presente de Natal dos João (Leão e Henrique) para os baianos", garante o chefe da Casa Civil

Publicado em 17/12/2011, às 08h07        Caroline Gois

E lá vamos nós seguir mais uma vez no rumo dos trilhos do metrô de Salvador  - que já nos rende histórias há 12 anos e, em cada uma delas, ouvimos o que pensamos que seria impossível, sempre agarrados na eterna promessa de que - um dia- o metrô vai andar.
E nessa perspectiva, entre trens e vagões abandonados que decoram a capital baiana, decidimos, mais uma vez e 
pela milionésima tentativa de agaranhar uma resposta que se confirme - perguntamos ao chefe da Casa Civil: 
"João Leão, cadê o metrô"? Isso, com o respaldo da nossa última publicação - referente à colocação de sacos de areia em um dos trens da linha 1 - sendo que este começa a andar já dia 20 deste mês, conforme disse a Prefeitura. "Semana que vem é que dia mesmo"?, perguntou Leão à nossa equipe, já afirmando em seguida: "De segunda-feira até o Natal o metrô anda". 
O secretário aproveitou para reforçar e ratificar à própria Prefeitura, informando que na primeira partida não haverá sacos de areia e sim, Nada. 
Segundo Leão, o primeiro teste é sem nada e ninguém e, daqui a um mês, será possível colocar pesos nos vagões para testes de pré-lançamento. "Pode ser saco de areia ou mesmo chumbo. O importante é testarmos e levarmos segurança à população". E mais: "Primeiro um trem vai andar, depois dois e até abril eu garanto: a população vai entrar no nosso metrô", afirmou o chefe.
E como quem comanda uma locomotiva, Leão fez questão de carimbar e patentiar durante a entrevista o slogan: "Felicidade e Responsabilidade". Isto, fazendo referência à forma como conduz sua vida. "Este trem vai andar. Já tenho recursos  aprovados. E nada de achar que 6km é pouco. São Paulo começou com 4km e Rio com 4,5 km", explicou Leão.
Ainda no ritmo da esperança de que tudo já deu certo, João Leão afirmou que a linha 1 chegará a 19km e a 2 a 16km. "Temos como colocar em prática e já conseguimos. Este é um presente meu e de João Henrique".
E falando no prefeito, a equipe do Bocão News aproveitou para questionar Leão sobre porque João Henrique não fala muito sobre o assunto metrô. "A prefeitura quer o melhor para a cidade. E João Henrique está feliz, mais decidido", disse Leão. Será que isso reflete o efeito sem Maria Luiza e pró Tatiana? "Nada como um novo amor", complementa o secretário.
Enfim, há exatos 15 dias para o fim do ano, nada como receber uma notícia que nos traga esperança. Quem sabe, desta vez, em 12 anos, novamente e em mais uma viagem que se resume apenas ao tempo, não possamos dizer: "Obrigada Joãos, o metrô, finalmente, andou, mesmo que e ainda assim, vazio". 

Fotos: Bocão News

Classificação Indicativa: Livre