Política

André Moura recusa convite de Witzel para voltar ao governo do Rio de Janeiro

Wilson Dias / Agência Brasil

O ex-secretário foi responsável pela articulação política entre o Executivo e o Legislativo fluminenses de maio de 2019 até o final do mês passado

Publicado em 17/06/2020, às 08h18    Wilson Dias / Agência Brasil    Redação BNews

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), convidou o ex-secretário e ex-deputado federal por Sergipe, André Moura (PSC) para retornar ao governo. Witzel tenta reconstruir sua base de apoio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). De acordo com o site AjuNews, a informação foi divulgada pela CNN Brasil nesta terça (16).

Moura foi responsável pela articulação política entre o Executivo e o Legislativo fluminenses de maio de 2019 até o final do mês passado, e conta com bom trânsito entre os parlamentares. Contudo, ele já comunicou que não pretende retornar ao cargo. 

Parlamentares porcurados pela CNN afirmaram que, se tivesse continuado no cargo, Moura teria capacidade de articular e impedir a acachapante derrota de 69 a 0 no plenário, em votação simbólica que abriu o processo de impeachment do governador.

Enquanto o governo se movimenta nos bastidores, a Alerj já tem 23 dos 25 nomes que irão compor os representantes da primeira comissão que irá analisar a admissibilidade do pedido de impeachment de Witzel. Até agora, faltam apenas os representantes do PSL, que tem a maior bancada, e do DEM, que comanda a Secretaria de Obras do governo Witzel.

Classificação Indicativa: Livre