Política

MP junto ao TCU pede que troca do comando da Petrobras seja interrompida

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Subprocurador Lucas Furtado pediu ao tribunal para impedir mudança do presidente da estatal determinada pelo presidente Jair Bolsonaro

Publicado em 23/02/2021, às 19h11    Tânia Rêgo/Agência Brasil    Redação Bnews

O subprocurador do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), Lucas Rocha Furtado, protocolou um pedido para que a Petrobras não realize atividades relacionadas ao comando da empresa até que o órgão julgue se o presidente Jair Bolsonaro interferiu na estatal.

Furtado disse ainda que a medida cautelar vigoraria até o TCU avaliar os motivos e causas da troca do presidente da Petrobras.

No mesmo pedido, Furtado pede que o TCU avalie se o corte de impostos federais do gás de cozinha e do diesel também teriam fundamento eleitoreiro e para avaliar os interesses do presidente ao dizer que irá “meter o dedo na energia elétrica”.

Classificação Indicativa: Livre