Política

Virou a casaca: Sidninho confirma apoio a João Roma e Bolsonaro

Henrique Brinco/BNews

Vereador admitiu que deve tentar uma vaga na AL-BA em 2022

Publicado em 26/04/2021, às 12h18    Henrique Brinco/BNews    Henrique Brinco* e Luiz Felipe Fernandez

Vereador pelo Podemos e antigo líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador (CMS), Sidninho confirmou que virou a casaca. Em evento nesta segunda-feira (26) de inauguração de trecho da BR-101 em Feira de Santana, que contou com a presença do ministro João Roma, o edil admitiu que o partido enxergou a necessidade de buscar aproximação com o governo Bolsonaro.

Segundo Sidninho, este caminho foi seguido após um debate com os próprios eleitores do partido.

"Logo após a eleição de 2020, a gente viu a necessidade emergencial de se aproximar do Governo Federal para buscar recursos e trazer mais força para o nosso município e também para a Bahia. A decisão foi ventilada durante o nosso mandato, mas, ao fim, conversando com nossos eleitores e quadros, a gente entendeu que deveria seguir o caminho de Bolsonaro e do ministro João Roma", reconheceu Sidninho em entrevista ao BNews.

Sidninho explica que Roma viu no nele a figura de um representante seu em Salvador, já que o deputado licenciado do Republicanos pretende concorrer ao Palácio de Ondina em 2022.

"João Roma precisou de mais força e um nome em Salvador para aproximar", disse o vereador, lembrando que Roma e Bolsonaro já vieram à Bahia em três ocasiões desde a nomeação do ministro da Cidadania.

Já os seus planos para 2022, incluem tentar uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) como deputado pelo próprio Podemos.

Na sua visão, o partido tem planos ambiciosos para os próximos anos e tenta atrair quadros fortes como, por exemplo, o ex-juiz Sergio Moro.

Classificação Indicativa: Livre