Política

Deputados do PDT-BA isolam Félix Mendonça e permanecem na base de Rui Costa

Divulgação

Parlamentares recebem garantia de que não serão retaliados pelo governo

Publicado em 17/05/2021, às 17h58    Divulgação     Eliezer Santos e Henrique Brinco

Deputados do PDT da Bahia defendem a permanência na base do governador Rui Costa (PT). A versão que circula nos bastidores, segundo o BNews apurou, é que o movimento de rompimento é apenas encabeçado pelo presidente estadual, deputado federal Félix Mendonça Júnior. O partido, que em 2020 apoiou a eleição do prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), corre o risco de perder espaços na reforma do secretariado

O deputado federal Alex Santana e os estaduais Roberto Carlos, Samuel Júnior e Euclides Fernandes são uníssonos ao defenderem continuar com o Palácio de Ondina. Samuel, inclusive, revela que já houve uma reunião dos parlamentares com o governo para alinhar a permanência.

"Até então não existe rompimento dos deputados com o governo. É um movimento isolado do presidente do partido. Tivemos reunião com o governo semana passada e o governo deixou claro que não tem interesse de romper com os deputados. Dentro da conversa que tivemos, o próprio governo demostrou interesse em continuarmos na base. O que está arranhada é a relação do governo com o partido", declarou, para a reportagem.

Roberto Carlos é outro que não pretende perder o comando do Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) e já procura outra legenda para se filiar caso seja necessário. Contudo, segundo Samuel, foi prometido para a bancada que, por ora, não haverá prejuízo para quem permanecer na base.

Félix, por sua vez, já vem dando recados velados de que as portas estão abertas para quem quiser sair do PDT. "Se os deputados ficarem com o governo, independente da opção do partido, é uma opção dos deputados e não do partido. Sendo assim, eles devem provavelmente procurar um novo partido para ficar", declarou, em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, nesta semana. Os próximos dias prometem ser decisivos.

Além do Ibametro, o PDT até então mantém o controle da Secretaria de Agricultura (Seagri), com Lucas Costa, e da Junta Comercial da Bahia (Juceb), com Andréa Mendonça.

Leia também:
Presidente do PDT da Bahia parte para defesa de ACM Neto e chama Maia de “babaca”

Classificação Indicativa: Livre