Política

Bolsonaro defende que toda população compre fuzis

Reprodução/ Instagram (jairmessiasbolsonaro)

Sugeriu ainda que quem não deseja o parte de armas deveria parar de "encher o saco"

Publicado em 27/08/2021, às 11h17    Reprodução/ Instagram (jairmessiasbolsonaro)    Redação BNews

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu nesta sexta-feira (27) que toda a população tenha o direito de comprar fuzis. Disse ainda que aqueles que não têm a intenção de ter posse de arma deveriam parar de “encher o saco”. A declaração foi dada a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

"Todo mundo quer comprar fuzil, pô! Povo armado jamais será escravizado. Tem o idiota que diz: 'ah, tem que comprar feijão'. Cara, se não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar", comentou.

Antes de embarcar para Goiás, onde deve participar de uma ‘motociata’ nesta sexta, o chefe do executivo voltou a responsabilizar os governadores dos estados pelo aumento dos preços do gás e da gasolina. "Temos problemas? Temos. Eu não quero inflação alta, mas tem coisa que não depende da gente", disse.

Matérias relacionadas:

Governo Bolsonaro usa foto de homem armado para homenagear o Dia do Agricultor

YouTube suspende pagamentos a canais bolsonaristas após decisão do TSE

Jair Bolsonaro desembarca na Bahia na próxima sexta-feira

Classificação Indicativa: Livre