Política

Lídice e Florence criticam Ciro Gomes após declaração contra Dilma

José Cruz / Agência Brasil

Publicado em 14/10/2021, às 08h27    José Cruz / Agência Brasil    Redação BNews

Os deputados federais Lídice da Mata (PSB) e Afonso Florence (PT) criticaram o pré-candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) após o ex-governador do Ceará afirmar que o ex-presidente Lula, antecessor e padrinho político de Dilma Rousseff, conspirou para que ela sofresse impeachment, o que acabou se concretizando em 2016. 

“Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje? Hoje eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro”, disse Ciro em entrevista a um podcast do jornal O Estado de S. Paulo. 

"Assim como defendi @cirogomes dos ataques desproporcionais recebidos por ele em uma manifestação em SP, agora lamento a forma com a qual ele se referiu à ex-presidente @dilmabr. Ciro agiu mal. Sou mulher e já fui vítima deste tipo de atitude. Não vamos aceitar", afirmou Lídice.

Florence disse que Ciro "insiste na estratégia da sabujice ao bolsonarismo". "Agora, que a sociedade civil organizava clama pela unidade da oposição contra Bolsonaro, ele insiste em servi-lo, como fez n segundo turno. Solidariedade a Lula e Dilma", pontuou.

Classificação Indicativa: Livre