Política

Reunião com Dilma deixa empresários otimistas

Rodolpho Tourinho, do Sinicon, cobrou a ampliação do financiamento ao setor privado

Publicado em 14/01/2013, às 07h42        Redação Bocão News (twitter: @bocaonews)

O presidente do Sindicato Nacional da Indústria Pesa (Sinicon), Rodolpho Tourinho, explicitou a preocupação dos empresários brasileiros com a necessidade ampliação dos investimentos no país. Em conversa com jornalistas, após o encontro com a presidente Dilma Rousseff, realizado na última sexta-feira (11), Tourinho avaliou que o país nunca teve o volume de obras parecido com o atual. “Nunca teve o volume de obras que está programado e é preciso que você (presidente) amplie o financiamento do setor privado”.

De acordo com a Folha de São Paulo, a presidente havia afirmado, no final de 2012, que era preciso que bancos privados participassem mais de financiamentos de longo prazo para complementar o que o Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) já oferece ao setor produtivo. Na sexta, o presidente do Bradesco, Luiz Trabuco, estava entre os que participaram da reunião com Dilma. Estava também o presidente do Grupo Lafarge, Bruno Lafont. Na quinta os presidentes da Vale, Murilo Ferreira da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e Ruben Ometto, presidente do Conselho de Administração da Cosan.

A expectativa dos empresários é positiva diante do quadro apresentado pela presidente Dilma. Aos jornalistas que cobriram a coletiva, Odebrecht ressaltou que muita coisa já está sendo feito. “A gente precisa colocar agora em prática, acho, apontar o direcionamento”.


Publicada no dia 13 de janeiro de 2012, às 13h42

Classificação Indicativa: Livre