Política

“Voltou a truculência”, diz Jonas Paulo sobre ACM Neto

Imagem “Voltou a truculência”, diz Jonas Paulo sobre ACM Neto

Presidente do PT na Bahia dispara contra prefeito de Salvador

Publicado em 17/01/2013, às 17h26        Alessandro Isabel (@alesandroisabel)


O presidente do PT na Bahia, Jonas Paulo, não demostra a mesma cordialidade que o governador Jaques Wagner para com o prefeito ACM Neto (DEM). Enquanto Wagner passa a imagem de união e coesão com o democrata, Jonas Paulo se mostra chateado e dispara: “O tumulto e a truculência do entourage do prefeito na arrancada do cortejo do Bonfim revela que o Carlismo não se endireita pois é a direita”, afirma o cacique petista.

O desabafo foi feito durante o cortejo da Lavagem do Bonfim, na manhã desta quinta-feira (17), na Cidade Baixa de Salvador. Jonas Paulo não acompanhou o bloco do governo e terminou sendo – segundo ele – atropelado pela comitiva de Neto que seguia logo atrás.


O petista ainda acusou os seguranças de agressão e ironizou a estatura do prefeito. “Quando vi uma malta de fardados e paisanos aos gritos e murros atropelando a pessoas pra proteger um homem baixo vi que voltou a truculência”, desabafou em seu perfil no Twitter.

Jonas explicou o motivo pelo o qual foi ‘abandonado’ no meio do circuito pelos correligionários. “Com fratura no dedo do pé, apesar da elevada fé, a dor só me deixou caminhar ate agua de meninos com as lideranças do PT.. Ai que dor e que dor!”.

Matéria originalmente publicada às 12h31 do dia 17/01.


Confira a galeria de imagens

Classificação Indicativa: Livre