Política

Sucessão 2014: Luiza Maia contraria governador

Imagem Sucessão 2014: Luiza Maia contraria governador

Deputada estadual mantém cinco candidatos Petista na disputa

Publicado em 19/01/2013, às 10h35        Elena Martinez (Twitter: @ElenaMartinez)

A deputada estadual, Luiza Maia (PT) contraria o governador, Jaques Wagner e mantém cinco nomes na disputa à sucessão em 2014. Em entrevista ao programa Se Liga Bocão, nesta sexta-feira (18), na rádio Itapoan FM, a deputada indicou o senador Walter Pinheiro, o chefe da casa civil Rui Costa, o ex-prefeito de Camaçari Luiz Caetano, a ex-prefeita de Lauro de Freitas Moema Gramacho e o secretário de planejamento José Sergio Gabrielli como possíveis candidatos petistas ao governo.

De acordo com a deputada, o governador tem todo direito a ter seus próprios candidatos, mas segundo ela, o PT não tem apenas dois candidatos, como declarou Wagner. “Governo é governo e partido é partido. Não temos só dois, para ser candidato ao governo em 2014. O PT vai definir um nome, juntamente, com o governo. Pode discutir, não tem problema, mas ainda está cedo para definir um nome”, explicou.

Sobre a declaração que teceu a respeito da truculência dos seguranças do prefeito ACM Neto, durante a Lavagem do Bonfim, Luiza Maia permaneceu com o discurso. “Foi uma coisa muito feia. Na saída do cortejo uma senhora caiu e uma criança também. Era o pessoal dele descendo. Para que essa truculência. Nunca vi uma barbaridade daquela, não precisava aquilo. O avó dele que fazia isso. Eu acho que não precisa isso, eu sou contra a violência
”.

Nota originalmente postada às 19h do dia 18


Leia também:

Na Lavagem do Bonfim, Luiza Maia dispara contra Neto


Wagner lança Rui Costa e Gabrielli para 2014




Classificação Indicativa: Livre