Política

Coluna da Folha de S. Paulo destaca sincretismo e política na festa do Bonfim

Roberto Viana

Especulações da sucessão baiana durante festa foram comentadas na coluna

Publicado em 18/01/2013, às 20h10    Roberto Viana    Tony Silva (Twitter:@tony_silvaBNews)

A coluna Painel da Folha de S. Paulo apontou a ausência do governador Jaques Wagner e a presença de pré-candidatos a sucessão estadual que será decidida em 2014.

Confira:

Sincretismo... Sem Jaques Wagner, o ritual da lavagem das escadarias da Igreja do Bonfim, em Salvador, atraiu ontem quatro pré-candidatos ao governo. Todos queriam aparecer na foto ao lado da primeira-dama Fátima Mendonça e do novo prefeito ACM Neto (DEM).

... do voto Os postulantes à sucessão baiana que aderiram à caminhada religiosa foram Otto Alencar (PSD), vice-governador, Rui Costa (PT), chefe da Casa Civil, Marcelo Nilo (PDT), presidente da Assembléia, e Lídice da Mata (PSB), senadora.

Diante dos comentários acima sobre a política misturada com sincretismo, e a quantidade de assaltos, furtos e violência na festa, consegue-se visualizar um novo cenário de um evento religioso que se tornou palanque eleitoral, passarela política e corredor de bandidos. Não agravando a todos.

Foto: Roberto Viana / Bocão News

Classificação Indicativa: Livre