Política

Paulo Câmara e Léo Prates querem alterar férias da CMS

Imagem Paulo Câmara e Léo Prates querem alterar férias da CMS

Atualmente, quando um novo quadro é eleito, a Casa incia ano com férias

Publicado em 23/01/2013, às 10h26        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Um privilégio para vereadores e funcionários e vereadores pode acabar na Câmara Municipal de Salvador (CMS). Dois vereadores articulam pesado para mudar o regimento da Câmara em um ponto que tende a criar choques com funcionários no Legislativo e parlamentares mais antigos: as férias, de acordo com informações publicadas no jornal Correio, pelo colunista Jairo Costa, nesta quarta-feira (23).
Ainda segundo o colunista, o presidente da Casa, Paulo Câmara (PSDB), quer reduzir de dois para um mês por ano o período de descanso da vereança. E a proposta obteve aval dos colegas da Mesa Diretora e caminha para aprovação. E do outro lado tem o vereador Léo Prates (DEM), cuja ideia é empurrar as férias de inícios dos mandatos de janeiro para junho.
Atualmente, quando um novo quadro é eleito, em vez de apresentarem medidas, dicutir e votar projetos, os vereadores já começam o ano de folga.

Classificação Indicativa: Livre