Política

Servidores negam proposta e greve no Carnaval pode acontecer

Governo oferece reajuste de 6,5% mas trabalhadores só querem de 15% a 20%. Saiba

Publicado em 30/01/2013, às 07h33        Terena Cardoso (Twitter: @terena_cardoso)

Os servidores da prefeitura rejeitaram nesta terça-feira (20) a proposta feita pelo governo de reajuste salarial no valor de 6,5%. Segundo o coordenador geral do Sindseps, Jeiel Soares, uma nova assembleia foi marcada para quinta-feira (31). “Nós pedimos 40%, depois baixamos para 25% e eles não aceitaram e nós queremos um valor de 15% a 20% porque é o mais justo e se refere a recuperação de inflação dos últimos três anos”, explica.

Com isso, o indicativo de greve permanece e os servidores podem paralisar as atividades durante o Carnaval. “Continuamos mobilizados, mas a greve será decidida mesmo só na quinta-feira. Agora, nossa preocupação é em oficializar a ata da assembleia de hoje e formalizar a negativa da categoria para o secretário Alexandre Pauperio”, avisa Jeiel.

Ainda nesta tarde, os trabalhadores terão uma reunião com Pauperio, de Gestão, quando informarão que negam a proposta do governo.


Nota originalmente postada às 12h do dia 29

Classificação Indicativa: Livre