Política

Depois de ser chamado de mentiroso, deputado dispara contra Lúcio Vieira Lima

Sandro Mabel chama o correligionário de “desesperado” na disputa pela Câmara Federal

Publicado em 30/01/2013, às 09h42        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

A política nacional esquenta quando o assunto é a disputa pelo comando na Câmara Federal.  Os nomes indicados para assumir o cargo tem apoio de correligionários baianos e o racha no partido tem movimentado a legenda.

Depois de ser chamado de mentiroso, pelo cacique do PMDB baiano, Lúcio Vieira Lima, o deputado Sandro Mabel disparou a treplica para a Veja on Line. “Falei para o Lúcio que autor de piada sem graça era ele. Isso é absoluto desespero porque sabem que, no voto, não vão ganhar nada.

Obviamente, tudo o que o Lúcio disse aí é mentira”, disparou.  Mabel, claro, nega as versões atribuídas a ele pela turma de Eduardo Cunha e aproveita para afirmar que, embora não venha dizendo que é o preferido do governo, não lhe falta interlocução: “Vou  na casa do (Michel) Temer á hora que eu quero, falo com ele duas, três vezes vezes por semana. O Lúcio não está se dando conta que, a eleição dura um dia. Saiu o resultado, o que vale é: todo mundo é o mesmo partido”, finalizou.

Em Salvador, durante almoço oferecido à imprensa, o jornalista Luiz Fernando Lima acompanhou as explicações da legenda para definir apoios na eleição e quem disputará o cargo na Casa, na ocasião o racha já estava em evidencia.  Leia aqui a matéria na integra. 


Nota originalmente postada às 19h do dia 29

Classificação Indicativa: Livre