Política

Greve: servidores municipais decidem trabalhar no carnaval

Sindseps assinou acordo aceitando as condições propostas pela prefeitura

Publicado em 03/02/2013, às 08h39        Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Os servidores municipais e a prefeitura de Salvador entraram em acordo nesta sexta-feira (1º) sobre a estrutura de trabalho durante o Carnaval e voltam atrás com ameaças de greve. 

A prefeitura propôs nova metodologia de definição das escalas técnicas de trabalho, mantendo o pagamento pelas horas efetivamente trabalhadas, e os auxílios para alimentação (R$ 30 para período de 12 horas, R$ 24 para 08 horas e R$ 12,00 para 6 horas de trabalho) e transporte (R$ 5,60 por dia de trabalho), todos conforme a escala de trabalho.

O Sindseps e as associações dos servidores municipais decidiram assinar acordo e aceitar as condições propostas pela administração.

A administração municipal assumiu o compromisso de manter diálogo permanente, aberto e maduro; de não descontar as faltas dos servidores da Guarda Municipal que fizeram paralisação nos últimos dias; de avançar nas discussões sobre temas prioritários que interessam diretamente aos servidores, a exemplo da assistência à saúde, das condições de trabalho e do plano de gestão por competências (plano de cargos, carreira e vencimentos), sempre com foco nas necessidades e expectativas da população soteropolitana.


Nota originalmente postada às 10h do dia 2

Classificação Indicativa: Livre