Política

Alvo de bolsonaristas, Mendonça tenta explicar voto contra Silveira: "Fiz o correto"

Edilson Rodrigues/Agência Senado

Mendonça usou o Twitter para se justificar aos bolsonaristas

Publicado em 21/04/2022, às 10h02 - Atualizado às 10h22    Edilson Rodrigues/Agência Senado    Redação

Após despertar a irritação de bolsonaristas, André Mendonça foi ao Twitter nesta quinta-feira (21) para explicar seu voto favorável à condenação de Daniel Silveira no julgamento de quarta-feira (20), no Supremo Tribunal Federal (STF).

Diante das críticas por não ter defendido Silveira e nem pedido vistas para adiar a condenação, Mendonça escreveu, em uma sequência de duas publicações, ter feito o que achava correto. “Como cristão, não creio tenha sido chamado para endossar comportamentos que incitam atos de violência contra pessoas determinadas; e, como jurista, a avalizar graves ameaças físicas contra quem quer que seja. Há formas e formas de se fazerem as coisas. E é preciso se separar o joio do trigo, sob pena de o trigo pagar pelo joio. Mesmo podendo não ser compreendido, tenho convicção de que fiz o correto” escreveu,

Indicado à Corte pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) com o predicado de ser "terrivelmente evangélico", Mendonça contrastou com o de outro nomeado pelo atual chefe do Executivo, Kassio Nunes Marques, que defendeu que o STF não deveria condenar Silveira.

 Siga o BNews no Google Notícias e receba os principais destaques do dia em primeira mão!

Classificação Indicativa: Livre