Política

'Bruno Reis está tornando a Câmara um lugar policialesco', dispara Aleluia

Eliezer Santos/BNews

Publicado em 28/04/2022, às 19h36    Eliezer Santos/BNews    Léo Sousa

O vereador Alexandre Aleluia (PL) fez duras críticas ao modo como Bruno Reis (União Brasil) tem tratado a Câmara Municipal. Em entrevista ao programa BNews Agora, na Piatã FM, na noite desta quinta-feira (28), o edil declarou que o prefeito tem transforma a Casa em um "lugar policialesco".

De acordo com Aleluia, Bruno tem demonstrado "não quer gerir a cidade, quer ganhar a eleição a eleição a qualquer custo". O vereador bolsonarista afirma que a prefeitura tem perseguido quem se opõe ao grupo de Reis e ACM Neto (União Brasil).

A tensão na CMS se elevou, no último mês, após a migração do presidente Geraldo Júnion (MDB) para a base de Rui Costa (PT) e Jerônimo Rodrigues (PT).

"Bruno Reis está tornando a Câmara de Vereadores um lugar policialesco. As pessoas têm medo de entrar nas comissões de participar, com medo de serem taxadas de 'geraldistas' e serem perseguidas, como está acontecendo comigo", disparou.

O vereador do PL afirma que tem sido tratado como "inimigo" pelo prefeito. "De uma hora pra outra, começou a me tratar como inimigo [...] De uma hora pra outra, o humor mudou", disse o presidente da CCJ.

Classificação Indicativa: Livre