Política

Bruno Reis sobre aceno de Maia a ACM Neto: “acho que a ficha caiu”

Vagner Souza / BNews

ACM Neto já havia mencionado o retorno do diálogo com Rodrigo Maia em outubro

Publicado em 13/12/2021, às 09h39    Vagner Souza / BNews    Nilson Marinho e Victor Pinto

A reaproximação do ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o ex-presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, voltou a ter destaque na imprensa nacional no último fim de semana. Uma nota do colunista Guilherme Amado, do Metrópoles, reacendeu a informação que o BNews já havia noticiado em outubro sobre o retorno do diálogo das duas lideranças. Questionado sobre o assunto, o prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), acredita que “a ficha de Maia caiu” e que um episódio não abalaria uma “relação de 20 anos”.

“Eu aprendi na vida e na política que quando a gente ganha uma eleição 'fui eu quem ganhei'. Quando perde sempre tem culpados e responsáveis pela derrota. Infelizmente as pessoas na política e na vida tem essa postura. O Rodrigo Maia quando não conseguiu fazer sucessor saiu apontando culpados e transferindo responsabilidades”, disse após ser questionado por jornalistas na manhã desta segunda-feira (13) no Teatro Gregório de Matos.

“Com o passar do tempo a ficha vai caindo. Ele tem mandado sim recados, tem procurado, tá buscando se reaproximar. Estamos em diálogo com ele como tantos outros. Existe uma relação com Maia de mais de 20 anos e não é um episódio que vai destruir isso”, completou.

Perguntando se seria um sinal de retorno, visto que Maia tem se articulado junto ao PSD, mesmo rumo tomado pelo prefeito do Rio de Janeiro e seu aliado, Eduardo Paes, o chefe do Palácio Thomé de Souza não cravou. “As conversas estão acontecendo. Não significa que seja o retorno dele ao partido, mas pode ser uma aliança futura. Não fazemos política com retrovisor, a gente olha pra frente. Se ele volta, tudo que ele disse ele sepulta”.

O RETORNO - Foi durante uma coletiva de imprensa, no seu escritório político, em outubro deste ano, que ACM Neto comentou a retomada das conversas com Maia depois de uma contenda pesada entre as duas lideranças políticas.

"Uma prova que não sentimento negativo. Minha relação com Rodrigo é de 20 anos, dos quais 9 meses foram extremamentes turbulentos. Prefiro nesses 20 anos, os 19 anos e 3 meses de relação de amizade, do que os nove meses de brigas e divergências. Tivemos um encontro pessoal, depois voltamos a nos falar por telefone. Para mim é assunto no passado. Aquela coisa: dois amigos que viveram a vida juntos, em determinado momento de desentenderam, tomaram posições que não deviam, mas existe uma janela de reconciliação", disse Neto à época.

O ex-presidente da Câmara e o presidente do DEM brigaram e passaram a se atacar publicamente depois que o partido declarou neutralidade de última hora na disputa pela sucessão na Casa. A decisão favoreceu o então candidato de Jair Bolsonaro, Arthur Lira (PP-AL), que derrotou o candidato de Maia, Baleia Rossi (MDB-SP).

CREDSALVADOR - No evento desta manhã o prefeito Bruno Reis lançou o CredSalvador. É uma das principais estratégias municipais para auxiliar micro e pequenos empreendedores da capital baiana, que foram fortemente impactados pela pandemia de Covid-19.

De acordo com o prefeito, os beneficiados poderão solicitar empréstimos de até R$15 mil em condições especiais, através da plataforma criada pela Nexoos, empresa do Grupo Ame/Americanas, vencedora da licitação municipal para desenvolvimento e operacionalização da ferramenta.

O CredSalvador, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), vai oferecer capacitação em empreendedorismo e gestão financeira, para aplicação nos próprios negócios.

Classificação Indicativa: Livre