Política

CÍNTIA KELLY: Segunda-feira, no Curuzu, a equipe de Geraldo Júnior vai mostrar que o “13 agora é 15”

Reprodução
É mais: programa de governo de Bruno Reis deve ser lançado em 15 dias  |   Bnews - Divulgação Reprodução
Cíntia Kelly

por Cíntia Kelly

[email protected]

Publicado em 14/06/2024, às 07h00



Segunda-feira, no Curuzu, a equipe de Geraldo Júnior vai mostrar que o “13 agora é 15”

Na tentativa de mostrar ao eleitor que o “13 agora é 15”, o programa de governo do pré-candidato a prefeito de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), será no reduto petista: a Senzala do Barro Preto, no Curuzu. O local foi escolhido a dedo pelo coordenador executivo da pré-campanha, o ex-petista Henrique Carballal.

O pontapé inicial da pré-campanha de Geraldo se assemelha ao de Jerônimo Rodrigues, quando, em 2022, lançou o PGP também. Assim como Geraldo, Jerônimo a época também patinava nas pesquisas para o governo do Estado.

A simbologia do lugar e Rui Costa

O lugar também tem outra simbologia. Nos oito anos que esteve inquilino do Palácio de Ondina, Rui Costa, hoje ministro da Casa Civil, sempre falava do bairro em que nasceu. Tudo está sendo milimetricamente pensado para atrair o eleitor de esquerda. Se surtirá efeito, só o tempo para dizer.

Outros oito bairros vão conhecer  programa de governo 

Ao todo, Geraldo e Fabya Reis, pré-candidata a vice, vão a nove bairros. Além da Liberdade/Curuzu, a chapa “o 13 agora é 15” vai a Itapagipe, Cabula/Tancredo Neves, Orla 1 (Barra), Orla 2 (Itapuã), Pau da Lima, Cajazeiras, Subúrbio e Brotas.

O coordenador político, ex-deputado Yulo Oiticica, afirmou a esta coluna que a chapa ainda fará encontros temáticos e setoriais dentro do projeto ‘Pensar Salvador’.

Mais um na equipe de Geraldo Júnior

Cada dia que passa, a força-tarefa que compõe a pré-candidatura de Geraldo Júnior a prefeito de Salvador, aumenta. O novo nome do QG do emedebista é Paulo Mota. Ele deixou a coordenação de Administração dos Centros Sociais Urbanos para disputar uma vaga na Câmara Municipal.

Entretanto, teve de deixar o desejo de ser vereador para atender a um pedido do governador Jerônimo Rodrigues, que o quis assessorando Geraldo.

Plano de Governo de Bruno Reis fica pronto em 15 dias

Enquanto os trabalhos da pré-campanha de Geraldo Júnior estão a toda vapor, os de Bruno Reis, que tentará a reeleição, andam a passos de tartaruga. Pero no mucho, dizem aliados. Um dos coordenadores da pré-campanha do prefeito alega que o trabalho está sendo feito diariamente, com entrega de equipamentos, obras, assinatura de ordem de serviço.

Ele informou que nos próximos 15 dias, o programa de governo estará pronto. Para ele, haverá uma grande diferença conceitual entre o que “estamos escrevendo” e o que será “apresentado [por Geraldo Junior] na segunda”. “Não vai ser um livro teórico com frases de efeito de quem não conhece a fundo Salvador”, disse.

Ivana Bastos reafirma PSD fora do G-10

A deputada estadual Ivana Bastos, líder do PSD na Assembleia Legislativa da Bahia, voltou a repetir o que vem dizendo seus correligionários sobre o G-10, que abriga deputados de vários partidos, sob a batuta do senador Ângelo Coronel. “Eles se sentem órfãos. Não é o caso dos deputados do PSD, que tem um líder”, disse, em referência aos nove parlamentares - isso a inclui - que permanecerão onde estão.“Conversei com o senador Otto e ele disse que nada muda”, explicou Ivana.

Se não me quiserem, eu vou buscar me viabilizar, diz Coronel sobre reeleição

Haja criatividade e inventividade do de agir Angelo Coronel. Ao ser questionado se tentará a reeleição em 2026, o parlamentar muda de ideia ao sabor do vento ou do cenário político. “Se a coalizão atual não quiser Coronel, Coronel tem que ser candidato nem que seja na carreira solo. Isso é um direito que eu tenho de disputar a reeleição. Se não me quiserem eu vou buscar me viabilizar”, disse a esta colunista.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp