Política

Coordenador de Centros Sociais Urbanos destaca reforma de equipamentos após 45 anos

Edvaldo Sales / BNEWS
O coordenador dos Centros Sociais Urbanos da Bahia (CSU), Paulo Mota, disse que sete unidades serão reformadas na capital  |   Bnews - Divulgação Edvaldo Sales / BNEWS
Edvaldo Sales e Davi Lemos

por Edvaldo Sales e Davi Lemos

[email protected]

Publicado em 28/11/2023, às 17h42


FacebookTwitterWhatsApp

O coordenador dos Centros Sociais Urbanos da Bahia (CSU), Paulo Mota, em conversa com o BNEWS nesta terça-feira (28), celebrou a reforma de sete unidades na capital baiana após 45 anos sem as intervenções. "Estamos muito felizes por esse momento tão ímpar: depois de 45 anos, vamos ter a reforma do centros sociais urbanos", disse Mota, que participou da assinatura de ordem de serviço para este fim ao lado do governador Jerônimo Rodrigues, na unidade de Mussurunga.

"Estamos muito felizes hoje, que é um dia de alegria e festa para todos os centros sociais urbanos da Bahia. São 24 equipamentos: dez em Salvador. Dos dez em Salvador, o governador vai assinar hoje a autorização de reforma de sete equipamentos", relatou Paulo Mota. Ele explicou a importância dos centros sociais urbanos: "É um equipamento que presta serviços a todas as comunidades do entorno, de acesso a políticas públicas, a atividades culturais, atividades esportivas, atividades com nossos idosos".

Na capital baiana, ele disse que há unidades que funcionam em Mussurunga, Narandiba, Castelo Branco, Valéria, Luis Anselmo, Nordeste de Amaralina, Vasco da Gama, Alto de Ondina e Liberdade. "Todos funcionam normalmente com políticas de várias entidades que são parceiras nossas, alguns voluntários, alguns órgãos do governo que têm serviço dentro e nós vamos reformar para melhorar esse atendimento", assegurou.

Classificação Indicativa: Livre

FacebookTwitterWhatsApp